terça-feira, 9 de novembro de 2010

Pra você guardei o amor. ♫

Pra você guardei o amor, sem querer, quando percebi que esse era o dilema fiquei estática, como se resolvesse eu ficar por ali, parada, sem piscar, só pensando nessa forma.

Ontem T. chegou aqui, me disse que ficou com saudades, e conversou com V., que lhe deu apoio para vir me ver. Fiquei muito surpresa, assim enrolamos um pouco até que T. quis visitar uma amiga do teatro, a mesma do post ante-anterior se me recordo bem, e fomos a casa dela tem duas quadras de distância da minha. Voltando pra cá depois de um longo tempo, pensava nos malefícios que nós poderíamos causar, a nós mesmos, não quis o beijar, e assim ele foi embora depois de alguns minutos. Creio que hoje ele não vem, não sei se ele me entendeu bem de mais ou não me entendeu exatamente. Quarta também não vou contar com ele, é dia em que ele encontra com a namorada. Me resta quinta no teatro, mas ele pode faltar... Preocupações a mil, tremendo muito mais a cada hora que passa. Espero que tudo dê certo !

Beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário