segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Triângulos.

Dois dias sem postar, muita coisa pra tc.
No mesmo dia do post anterior, eu e o T. chegamos primeiro no teatro e estávamos a sós desenhando, e assim foram chegando o elenco e a diretora. Eu estava com um forte pressentimento, nada demais só estava nervosa, e como havia passado um tempo com T. não parava de olhar para ele, parecia que ia acontecer algo com ele. Fomos embora tarde da noite, a mais de dez horas de um sábado, os meninos (T. e V.) foram comigo e gleysse até em casa, V. ficou no meio do caminho, mudou de direção e gleysse logo foi para a sua casa, logo percebi que T. estava meio cauteloso pra chegar perto de mim, conversamos até umas onze e meia, e ele com minha chave, eu querendo-a de volta, e ele querendo a bolsinha da chave que estava comigo, até que uma 'guerrinha' começou, e um beijo também. Resumindo saímos dali uma hora da manhã.
Domingo... A estréia da nossa peça, chegamos no local onde iríamos apresentar, eu estava nervosa, muito, inacreditávelmente nervosa, pois havia gostado do T., muito, até demais, difícil... me senti 3 vezes mais pressionada, nem liguei para a peça, não havia preocupação suficiente para cobrir a minha agonia. Pensei eu que iria ser 'ignorada' como se nada houvesse acontecido, mais foi um pouco melhor do que esperava. Pequenos detalhes me faziam estremecer por dentro e por fora, o medo de ficar iludida é tão grande quanto eu mesma.
Agora é só esperar quinta, nessa terça não haverá teatro, mais mesmo assim, sinto um certo tipo de dor, começo a perceber que estou ficando apaixonada, isso me tira da realidade, não sei como conversar, como saber melhor se esse é um malefício, e vou aproveitar pra colocar um trecho de um livro que vai descrever melhor... "O Tempo passa. Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada batida do ponteiro dos segundos dói como o sangue pulsando sob um hematoma. Passa de modo inconstante, com guinadas estranhas e calmarias arrastadas, mas passa. Até pra mim."
E meu namorado, está esquecido e bloqueado, por um momento pelo menos!
E meu 'amante', está mexendo comigo a cada segundo*

Não me submeto a isso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário